Controlando a profundidade de campo.

Sua objetiva tem um conjunto de lâminas dentro do corpo que abrem e fecham como a pupila de um olho. O buraco entre as lâminas é a abertura. Seu tamanho é representado como um f-stop. Quanto mais aberto, mais luz o diafragma permite passar até o sensor da câmera e, quanto mais fechado menos luz entra. Veja a figura abaixo.

 By Renato Gomes

By Renato Gomes

O tamanho da abertura também determina a profundidade de campo que sua imagem terá em foco. Quanto mais alto o f-stop (ou quanto mais fechado o diafragma), maior será o espaço visual, e quanto menor o f-stop (ou maior o buraco do diafragma) menor a distância dos objetos em foco.

Veja na imagem abaixo um exemplo disso. Defini o foco como manual e foquei nos 10cm da régua. Perceba que quanto mais fechamos o diafragma, maior fica nosso campo de visão em foco.

 By Renato Gomes

By Renato Gomes

Sabendo disso, podemos sair por ai brincando e definindo nosso estilo de fotografar certo? Sim, mas existe um problema que nem todos sabem. Os fotógrafos mais experientes quase nunca usam suas exposições no máximo e no mínimo de suas lentes. Isso porque as lentes apresentam certas distorções em seus limites.

Vamos analisar uma lente que vai do f/2.8 ao f/22. Em 2.8 ela sofrerá muito com Vignetting (que é o escurecimento das bordas das fotos), e aberração cromática (cores de um tipo de desfoque que circulam os objetos da imagem, mais aparentes em altas luzes e contrastes), e em f/22 a imagem sofrerá com a difração, um fenômeno que acontece quando as ondas de luz encontram um obstáculo muito pequeno, neste caso a minúscula abertura do diafragma. Além disso, as imagens no limite de f/22 perdem substancialmente seu foco. 

Podemos dizer que o "filet mignon" dessa lente seria entre dois f-stops acima do f/2.8 e 2 f-stops abaixo do f/22, sendo que o máximo de qualidade seria obtido em f/8. Lembro que podem existir pequenas variações dependendo do tipo de lente e de suas aberturas. O ideal é procurar se informar para saber exatamente onde conseguirá a melhor qualidade de imagem com sua lente.

Agora que você já tem mais essa dica, aproveite para obter o máximo de qualidade com seu equipamento e desenvolva mais seu olhar fotográfico, para que essa qualidade toda faça jus ao que está capturando.

Continue fotografando!